BOLSONARO SEGUE EM LARGA VANTAGEM

Apoiado por intenso esforço da mídia e por algumas trapalhadas verborrágicas nos últimos dias, a diferença entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad caiu 4% - segundo levantamento do Ibope.

A pesquisa realizada entre domingo, 21, e terça-feira, 23, pegou exatamente o tsunâmi da divulgação gravação do filho Eduardo e também alguns arroubos do presidenciável do PSL.

Com a repercussão e a ampliação desses fatos pela mídia, verificou-se um cenário onde o crescimento da candidatura de Haddad teve como ser justificada. Pelos dados do Ibope, Bolsonaro tem 57% das intenções de voto, enquanto que Haddad chegou a 43%. Restam 14 pontos ainda de diferença, algo que deve reanimar a militância petista e acirrar a ação da mídia.

Novas pesquisas devem ser divulgadas na quarta-feira, 24.

A despeito da aproximação entre os dois candidatos, o Ibope conseguiu duas proezas: fez sumir a rejeição de Haddad - em um passe de mágica, e fez lembrar o desempenho do Ibope na eleição aqui no DF em 1998.

Mas um dado revela que, para 69% dos entrevistados (independente de qual tenha sido sua opção para presidente) jair Bolsonaro será eleito presidente. Enquanto que 21% acreditam que Fernando Haddad, do PT, vá conseguir tirar a diferença de 14 pontos em quatro dias.

Lembrando que na pesquisa anterior, a expectativa de vitória de Bolsonaro era de 66% e a de Haddad, 21%. Parece que não conseguiram ajustar todos os dados em tempo, revelando algumas contradições...

A a pesquisa foi realizada entre 21 e 23 de outubro, tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, entrevistou 3.010 eleitores em 208 municípios e está registrada no TSE sob nº BR‐07272/2018

ban zona 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM