ban pref bvb jul

CAPACITANDO EMPREENDEDORES NO TURISMO

TURISMO...Palestra capacita empreendedores em Roraima para captação de recursos financeiros no turismo...São cerca de R$ 380 milhões disponíveis. É a primeira vez que o Fungetur será injetado no estado

A Seplan (Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento) por meio do Detur (Departamento de Turismo) realiza nesta quinta-feira, dia 8 de novembro, a partir das 19h, no Sebrae, localizado na rua Governador Aquilino Mota Duarte, n.º 1771, São Francisco, a palestra “Como fazer seu projeto turístico sem precisar investir o seu dinheiro”. O palestrante será Wilson Miguel, diretor executivo do Grupo Eco & Eco.

A palestra é voltada para o trade turístico, ou seja, para empresas, empreendedores e todo interessado em compor projetos que visam estimular o desenvolvimento do turismo em Roraima. Durante a palestra, Wilson Miguel, que possui larga experiência técnica com projetos, vai informar aos participantes de todo o processo para poder captar recursos. A entrada é gratuita.

O diretor do Detur, Ricardo Peixoto informa que este é um recurso que a muito tempo era aguardado e que agora está disponível, mediante projetos e liberação das agências financiadoras.

“Estão disponíveis um montante de R$ 380 milhões para Roraima, é um recurso que a muito tempo é desejado que fosse liberado, essa é a hora dos empresários que desejam ampliar seus investimentos de agir participando da palestra”, disse Peixoto.

O diretor informa ainda que os recursos já existem, basta apenas o interesse do empreendedor em elaborar o projeto e seguir os ritos, estes, explicados durante a palestra desta quinta-feira.

“A vinda do diretor executivo é parte do processo desenvolvido pelo Prodetur Mais Turismo, do Ministério do Turismo, e junto ao Prodetur estamos trazendo agora os recursos financeiros para financiar o setor, são recursos com juros subsidiados, mais baratos e com prazo de carência que podem chegar a 20 anos, com dois anos de carência”, disse.

O foco dos recursos é no desenvolvimento da infraestrutura turística do estado. É um financiamento disponível para todo o Brasil. É uma oportunidade para ampliação e criação de hotéis, pousadas, restaurantes e para agências de viagens que desejam ter sua frota de veículos. As transportadoras de turismo poderão aumentar a frota de ônibus, enfim, são recursos que serão liberados de acordo com uma análise do projeto a ser feita em Boa Vista, e se atender as necessidades do estado, receberá o Selo do Turismo, o que credencia o projeto a ser encaminhado ao agente financiador, um passo importante para a liberação dos recursos.

FUNDO GERAL DO TURISMO – Os recursos financeiros virão do Fungetur (Fundo Geral do Turismo), que é um instrumento de política de investimentos voltado para a melhoria da infraestrutura turística, fornecendo a base para dinamizar a vocação turística das regiões. Os objetivos do fundo são: Proporcionar créditos competitivos para os empresários do ramo de turismo; Apoiar a infraestrutura básica; Gerar renda; Aumentar a oferta de empregos diretos e indiretos; e Proporcionar o desenvolvimento do turismo.

CRESCIMENTO NO TURISMO – Dados fornecidos pelo Departamento de Turismo informam que em 2015 eram 860 turistas internacionais por ano em Roraima. Ainda no primeiro trimestre de 2018 saltou para 4,9 mil turistas internacionais. A tendência é aumentar e começar a trabalhar em melhorar a capacidade de hospedagem. O número de leitos ainda é pequeno, atualmente são 1,4 mil leitos em Roraima.

 

ban zona 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM