Terça, 14 Setembro 2021 17:19

PRESIDENTE SE DIZ IMUNE, E NÃO TOMOU AINDA VACINA

Avalie este item
(2 votos)

Bolsonaro diz que não tomou vacina e que está imune à Covid-19 por ter contraído o vírus

Chefe do Executivo usou o resultado do seu exame de detecção de anticorpos como justificativa da sua imunidade; ele ainda criticou os presenciáveis que estavam ‘aglomerados’ nos atos contra o governo

  • Por Jovem Pan
  •  

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a afirmar nesta segunda-feira, 13, que está imune contra a Covid-19 mesmo sem ter se vacinado.

Em conversas a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, o chefe do Executivo usou o resultado do seu exame de detecção de anticorpos como justificativa para a sua imunidade. O presidente também disse que acredita ter sido infectado uma segunda vez pelo coronavírus.

“Eu não tomei vacina, estou com 991 [resultado do exame do número de anticorpos] . Eu acho que eu peguei de novo [coronavírus] e nem fiquei sabendo”, afirmou Bolsonaro.

É consenso entre os especialistas, no entanto, que o indivíduo pode contrair a doença mesmo após estar protegido, seja pela vacina ou pela infecção natural.

No caso dos imunizantes, todos que estão sendo aplicados no Brasil tem alta proteção contra a forma grave da doença, internações e mortes pelo coronavírus, mas nenhum tem 100% de proteção contra infecção e casos leves. Aos apoiadores, Bolsonaro ainda alfinetou que cinco presenciáveis ficaram “aglomerados” nas manifestações realizadas no último domingo, 12, contra o governo.