Twitter

AOS DAMORIDAS/RR... Prefeitura de Boa Vista entrega hoje, 21, novos ônibus para atender a população e o prefeito faz lançamento do aplicativo Bus2. A solenidade será às 8h, no Parque do Rio Branco.
Aos DAMORIDAS - A balbúrdia que se faz neste Governo Denarium, onde se tem visto farra com dinheiro público, e o silêncio da justiça, é mais uma vez vivida quando da tal Festa de Arraial do Parque Anauá é suspensa, justamente por suspeitas de ilegalidade na contratação de empresa ao evento; algo q tem sido normal dos atos de Antonio, o governador cassado!
AgN - DA GERAL… Direto do Congresso, o que se pôde ver é que a pressão contra Governo Lula tem sido cada vez maior pq o próprio Governo abre brechas para ser atacado, e exposto como vilão, pelas dúvidas que lhe são apontadas. É o caso do leilão do arroz e a desistência de Pimenta em enfrentar os deputados, só ajuda a piorar imagem do Governo. Lula não tem gostado disto!
AOS JARAQUIS - AM... Procon-AM autua supermercado por venda de peixe com peso diferente entre balanças e com preço do produto elevado. A intervenção ocorreu após denúncias de que o estabelecimento estaria comercializando peixes com preços divergentes dos indicados nas etiquetas...Leia mais no site abaixo
AOS DAMORIDAS - RR... O POD PREFS BV desta terça-feira, 11, vai trazer novidades sobre a Maior Feira da Agricultura de Roraima, a Agro BV, edição 2024.  O programa vai ao ar a partir das 19h, no canal da Prefeitura de Boa Vista no YouTube e nas principais plataformas digitais.
Aos DAMORIDAS - RR… O que saiu no site O Antagonista, reverberando uma citação do presidente Lula para o ‘senador sem mandato’, Romero Jucá é justamente a realidade que o povo roraimense vive há tempos, onde tem confiado em Jucá, que continua ajudando o Estado, especialmente Boa Vista, com recursos, e Lula disse q ele é esperto pq tem prestígio como se tivesse mandato.

21 de junho de 2024

1200X200 2
play
play
IMG_9280
Créfito/imagens:: Fotos By Bob
PREFEITOS LEVAM DEMANDAS E BANCADA ACOLHE
REDAÇÃO AgN - Marlen Lima / Direto de Brasília
Em 21 de maio de 2024
play

Compartilhe

UMA REUNIÃO QUE SERVIU MAIS UMA VEZ PARA QUE a Bancada Federal possa ter maior clareza das reais demandas, e os mais emergentes temas dos municípios, e assim cerca de 12 prefeitos e vice prefeitos, além de alguns vereadores e secretários municipais participaram deste encontro com senadores e deputados federais.

Uma reunião sob o comando do senador Omar Aziz, coordenador de bancada, que aconteceu no Plenário 6 da Comissão de Transparência do Senado, nessa tarde de terça, 21, reuniu de forma contundente todos senadores e quase todos os deputados federais – além de Omar, se fez presente Eduardo Braga e Plínio Valério; Silas Câmara, Sidney Leite, Amon Mandel, Saullo Viana, Cap. Alberto, Pauderney Avelino e Adail Filho.

AGENDA INTERIOR

Dos deputados, só não pôde estar presente, o decano Átila Lins, por questões de agenda em Tapuá, quando o parlamentar se encontra para os festejos a da Padroeira do município.

TRÊS PILARES

Em síntese foram três pontos que o presidente da AAM – Associação Amazonense dos Municípios, prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Souza apresentou.

Por sinal, paira a suspeita de que a listagem de quantos prefeitos realmente vieram para a Marcha dos Prefeitos, pode ser que não seja os 38 que Anderson afirma terem vindos. O evento teve início nesta segunda, 20, e segue até quinta, 23.

Dos temas principais abordados neste encontro com a bancada federal, explicitados por Anderson foram – apoio a PEC 66/23, que trata da desoneração da folha de pagamento, dos precatórios, do endividamento da previdência; 0 marco regulatório– resíduo  sólido e também saneamento básico; questão futura de se precaver da estiagem que poderá vir este ano, uma seca que pode ser pior do que a do ano passado.

EM PESO

Para o coordenador, senador Omar, a reunião foi positiva quando se pôde ouvir os prefeitos, e boa prova do compromisso e a responsabilidade de continuar a forte unidade dos parlamentares em torno do Amazonas é que a reunião contou com a presença maciça dos três senadores, e sete deputados.

Omar salientou ainda que cada parlamentar, senador e deputado, sabe bem como atuar em cada região, porque todos conhecem o Estado, e sabe o que cada município tem como prioridade, e cada município tem sua demanda diferente.

Omar destaca que a Marcha para Prefeitos não tem em sua pauta a discussão da estiagem que pode vir, “ali, uma pauta diferente, mas, como nós sabemos que pode ter esta estiagem, e ainda será dado encaminhamentos das demandas apresentadas hoje”.

UNIDADE

Logo na abertura das explanações, após a fala de Anderson, onde colocou os pontos que mais preocupam aos municípios , o senador Plinio destacou o quanto a bancada federal tem sido coesa, unida e torno de ajudar o Estado, em atender a todos os municípios, como sendo algo em mais de 90% de emendas destinadas aos municípios.

Quem somou nesta confirmação foi Silas Câmara, que parabenizou os três senadores por estarem atuando de forma contundente na defesa do Amazonas.

E assim, demais deputados destacaram em seus posicionamentos, onde falaram todos, e abrangendo certos temas, ficou claro o empenho de toda bancada pela defesa dos municípios.

Eduardo Braga, que foi relator da Reforma Tributária no Senado, expôs pontos destacados do que sé avançou para o bem do Amazonas, da Amazônia, problemas fundiários, em si, muitos números apresentados, e que embaralham os prefeitos, bem como parte da população interiorana amazonense, logo, estes, que mais sentem na pele os cortes, e as promessas do governo federal para com as contas de cada município, onde tem sido um aperto generalizado.

PRECISA REAL PREVENÇÃO 

O que ficou claro neste encontro dos prefeitos com a bancada federal é que com todas as suas demandas mais eminentes, foi a preocupação com a possível forte estiagem, que deverá chegar, e com ela em pleno período eleitoral saber o que será feito para contornar esta questão, já que o governo federal deu ajuda com recursos emergenciais ano passado, mas, agora, com a eleição municipal isto por lei é impossível, é proibido, e daí, como isto será solucionado?

Omar diz que todos já sabem o que pode vir, e com a experiência de 2023, pôde-se elaborar previsões que dirimem as problemáticas climáticas, uma realidade que é global, destacou o senador.

Portanto, deve-se exigir que o governo adote medidas reais para prevenir tais situações, a parti de agora desta lastimável experiência que vive o povo do Rio Grande do Sul.

Nós já sabemos onde o calo aperta, na estiagem passada sabemos que faltou água, faltou rancho, não chegou, remédio, então, é esta prevenção que os prefeitos estão pedindo”, declarou o senador.

Saullo Vianna deixou claro que este tipo de encontro é positivo para que os prefeitos coloquem as ‘ Suas Dores‘.

São pautas importante imediatas, que são necessidades coletiva e não necessidade pontual, destacou o deputado. E os deputados e senadores estão unidos e atentos a isto.

E tendo o tema como seca, Saullo defende que é preciso estar atento ao clima, o RG do Sul tem sido como experiência para que o Brasil se preocupe mais e mais com a prevenção, e com o Amazonas não poderá ser diferente.

“O que a gente precisa começar, e, aí, eu não digo só o Amazonas, mas, como o Brasil como um todo, a gente precisa a começar  ater investimento de grande desastres como está acontecendo com RG do Sul, as mudanças climáticas que foi falado há muitos anos, hoje é uma realidade, no Sul o que era para chover em seis meses choveu em 10 dias. Então, precisamos nos preocupar mais com isto, fazermos investimentos na questão de prevenção para não sermos surpreendidos, e que os efeitos sejam mitigados”, afirma ele.

INDÍGENAS

Neste contexto, apesar de nao se ter debatido nas demandas dos prefeitos, mas, os índios foram lembrados, e Omar destacou que haverá reunião com a Ministra da Saúde, Nisía Trindade, para se discutir com os sete distritos sanitária os indígenas do Amazonas, para já trabalhar o isolamento que deve vir com a estiagem, assim como ocorreu em 2023.

Eu, mesmo, vou marcar esta reunião, para cuidar especificamente das comunidades indígenas”, afirmou o coordenador.

VERDADE OU MENTIRA?

Prefeito Anderson Souza, ao AgNORTE, garantiu que inscritos à Marcha dos Prefeitos estão 38 prefeitos, mais 10 presidentes de Câmaras Municipais, 20 vereadores e 30 secretários municipais.

No encontro com a bancada teriam estado presente 18 prefeitos e dois vice prefeitos, e mais 14 representantes de municípios. Afirmou o presidente da AAM.

Mas, tudo indica que números não batem, porque da listagem apresentada tem prefeito que não está em Brasília.

Anderson diz que estariam 18 prefeitos, na contagem só se reconheceu 12. E mais dois vice-prefeitos.

Com fama de estar alegando algo maior do que a verdade mostra, uma vez que o prefeito Rio Preto da Eva está ‘queimado’ não só com sua população, mas, também com seus colegas prefeitos, uma vez que a AAM tem servido de forma torpe para viagens familiares, como as que Anderson tem feito ultimamente, em que parecem verdadeiras férias e tudo com gastos com suspeita de uso de dinheiro público.

 

Play Video
Play Video
a8289f75-a984-4901-a521-e4889e4730fe
80dfd71a-df5d-4330-b299-81b3ece6a074
42039c51-3428-4ea3-854f-c6cc6b94ca44
IMG_9283