Twitter

AOS DAMORIDAS/RR... Prefeitura de Boa Vista entrega hoje, 21, novos ônibus para atender a população e o prefeito faz lançamento do aplicativo Bus2. A solenidade será às 8h, no Parque do Rio Branco.
Aos DAMORIDAS - A balbúrdia que se faz neste Governo Denarium, onde se tem visto farra com dinheiro público, e o silêncio da justiça, é mais uma vez vivida quando da tal Festa de Arraial do Parque Anauá é suspensa, justamente por suspeitas de ilegalidade na contratação de empresa ao evento; algo q tem sido normal dos atos de Antonio, o governador cassado!
AgN - DA GERAL… Direto do Congresso, o que se pôde ver é que a pressão contra Governo Lula tem sido cada vez maior pq o próprio Governo abre brechas para ser atacado, e exposto como vilão, pelas dúvidas que lhe são apontadas. É o caso do leilão do arroz e a desistência de Pimenta em enfrentar os deputados, só ajuda a piorar imagem do Governo. Lula não tem gostado disto!
AOS JARAQUIS - AM... Procon-AM autua supermercado por venda de peixe com peso diferente entre balanças e com preço do produto elevado. A intervenção ocorreu após denúncias de que o estabelecimento estaria comercializando peixes com preços divergentes dos indicados nas etiquetas...Leia mais no site abaixo
AOS DAMORIDAS - RR... O POD PREFS BV desta terça-feira, 11, vai trazer novidades sobre a Maior Feira da Agricultura de Roraima, a Agro BV, edição 2024.  O programa vai ao ar a partir das 19h, no canal da Prefeitura de Boa Vista no YouTube e nas principais plataformas digitais.
Aos DAMORIDAS - RR… O que saiu no site O Antagonista, reverberando uma citação do presidente Lula para o ‘senador sem mandato’, Romero Jucá é justamente a realidade que o povo roraimense vive há tempos, onde tem confiado em Jucá, que continua ajudando o Estado, especialmente Boa Vista, com recursos, e Lula disse q ele é esperto pq tem prestígio como se tivesse mandato.

21 de junho de 2024

1200X200 2
play
play
IMG_9280
Créfito/imagens:
TORRE DE TV E SHOPPING DO GAMA PODEM USAR BANCAS
Redação AgN
Em 21 de maio de 2024
play

Compartilhe

GDF entregou, nesta segunda (20), documento de autorização de uso para 372 feirantes; novas entregas serão realizadas no decorrer do ano

O Governo do Distrito Federal (GDF) autoriza o uso para 372 feirantes da Feira da Torre de TV e do Shopping Popular do Gama.

Esta renovação de termos de atuais ocupantes, faz parte do processo permanente do GDF em busca da regularização do trabalho da categoria.

“A gente sabe que o comércio só é forte quando tem outro comércio ali por perto. É uma sinergia, é a soma do resultado de vários fazendo atividade. Então, o ponto fundamental do outro pilar é ocupar todos os boxes. Para ocupar um boxe, temos que fazer uma licitação. Estamos com 2.300 boxes sendo licitados”, José Humberto Pires de Araújo, secretário de Governo

O secretário de Governo falou ainda que a regularização é um dos pilares do Projeto Feira Legal, criado por determinação do governador Ibaneis Rocha para fortalecer o segmento e revigorar o movimento das feiras.

“O que nós precisamos é dar a essas pessoas a segurança de estar trabalhando dentro do seu direito. Que elas possam sair de casa, irem para a sua feira, fazerem o seu trabalho com tranquilidade, dormirem em paz, porque sabem que o documento está nas suas mãos. Ali é o sustento de vocês, é de onde vocês tiram para sobreviver, formar seus filhos, cuidar das famílias. Então, vocês precisam ter essa tranquilidade.”

Sobre a reforma das feiras, o gestor informou que o GDF já reformou oito unidades, outras 14 estão em processo de reforma e quatro estão na fase de implantação (serão novas feiras).

Michael Monteiro Vieira Duarte trabalha na Feira da Torre de TV há 31 anos, em uma banca que vende comida típica baiana. Ele comemorou o recebimento da autorização.

“É muito bom porque mostra que o governo está presente, está olhando pela gente. É uma garantia que a gente tem que vamos estar lá na feira, mantendo a tradição da nossa família. Não só da nossa família, como da feira em si, mantendo a feira viva.”

Simone Delfina Paim também trabalha na Torre de TV, numa banca de enxoval de bebê, há 26 anos.

“Para mim é um divisor de águas porque eu já estou há bastante tempo lá e agora, graças a Deus, vou receber o meu termo. Quando você não tem um termo, é como se você tivesse sempre ilegal, sempre como se fosse perder a qualquer momento, sabe? A gente gosta da legalidade, o nome da gente, tudo certinho. Hoje tem uma importância muito grande, porque eu sou arrimo de família também e a maior renda da minha casa vem da Torre”, afirmou.

Simone Delfina Paim trabalha na Torre de TV, numa banca de enxoval de bebê, há 26 anos. “Para mim é um divisor de águas porque eu já estou há bastante tempo lá e agora, graças a Deus, vou receber o meu termo”, afirmou

Feirante do Shopping Popular do Gama, Manoel Dias Ribeiro trabalha desde 2003 com roupas femininas e falou do benefício de ter a renovação.

“É uma tranquilidade para o comerciante. Você ter a certeza de que você tem um período tranquilo. É de grande valia, todo mundo precisa de um documento para garantir que você vai ter um tempo sem nenhuma fiscalização. Todo feirante precisa de um documento, de estar legalizado no seu comércio.”

Desde 2019, a Secretaria de Governo do Distrito Federal realiza, em parceria com as administrações regionais e as associações de feirantes, constantes processos de recadastramento para verificar a situação de regularidade dos ocupantes das bancas.

Mediante o procedimento, é possível regularizar aqueles feirantes em eventual situação de irregularidade – como a documentação incompleta ou pendência de pagamento do preço público -, e também dar andamento na retomada dos boxes que porventura estejam em desconformidade com a legislação em vigor. Nestes casos, após processo de ampla defesa aos atuais ocupantes, os boxes são retomados e disponibilizados para licitação.

Somente de 2023 para cá, foram realizadas 19 concorrências públicas em diversas feiras permanentes de forma a promover a ocupação dos boxes fechados e, assim, revigorar o movimento dos locais. Neste ano, foram entregues 124 permissões após processo licitatório e emitidas 822 autorizações precárias de uso de boxes em diversas feiras.

O presidente da Associação dos Expositores da Feira de Artesanato da Torre de TV, Herbert Tavares de Amorim, destacou a importância do evento para a entrega dos termos que regularizam o trabalho dos feirantes.

“A associação sempre trabalhou junto com o GDF, mas principalmente junto com o permissionário para que a gente conseguisse a regularização da maioria da feira, porque desde que a feira desceu, em 2011, nós não tivemos, juridicamente falando, a regularização de todos. Então isso é uma grande conquista com essa primeira fase e queremos que ela vá até o final para regularizar todo mundo.”

A Subsecretaria de Mobiliário Urbano e Apoio às Cidades segue realizando o recadastramento com o objetivo de promover ocupações regulares e fomento das feiras e, ainda este ano, serão realizadas novas entregas de renovações e licitações.

 

 

 

Por Agência Brasília*

Play Video
Play Video
a8289f75-a984-4901-a521-e4889e4730fe
80dfd71a-df5d-4330-b299-81b3ece6a074
42039c51-3428-4ea3-854f-c6cc6b94ca44
IMG_9283